Este Lugar



Se por aqui passar, fique em silêncio se assim quiser, mas deixe um sinal se puder.
Se entediar, tenha paciência: minha palavra há de melhorar!



sexta-feira, março 16, 2012

Canção



Quem é forte todo dia, me diz?
E nessa vida não dá uma de aprendiz?
Um tropeço, um engano, na alma algum dano
Céu desbotado, vidro embaçado, paletó desabotoado
Cantiga arrastada, melodia chorada
Quem é que entende coisas que acontecem,
Como as aranhas suas teias tecem?
Essa canção é mesmo sem afino entoada,
Mas me diz como confiança é dilacerada?
Onde foi que a vista cegou
O pé da verdade escorregou?
Estaria eu aqui se tivesse bons ouvidos,
Se tivesse notado aqueles grunhidos?
Visto minhas calças brancas
Melhor tocar notas brandas
Ouvir as águas que dentro de mim se mexem
Quem é que entende coisas que acontecem,
Como as aranhas suas teias tecem?

Nenhum comentário: